sexta-feira, outubro 23, 2009

Anjos e Demônios


Data: 15 de maio de 2009; Local: Mundo; O fato?! É lançado o tão esperado filme 'Anjos e Demônios', que antes mesmo de mostrar a saga do professor Robert Langdon, teve de enfrentar a sua própria saga. O motivo?

A renomada Igreja Católica, instituição que sobrevive a mais de dois mil anos, pela primeira vez decidiu vetar um filme que aborda a temática ciência x religião. Acreditando ser as leis da Igreja superior as leis dos homens, a mesma exigiu(isso mesmo,exigiu) que cenas fossem cortadas e modificadas, o que acarretaria no atraso do lançamento do filme. Não atendendo as exigências, ficou proibida a filmagem de cenas nas igrejas,catedrais,monumentos e 'áreas comuns' do vaticano. Ficou proibida tambem a entrada dos atores Tom Cruise e Ayelet Zurer no Vaticano por tempo indeterminado(como se estes tivessem culpa de estarem trabalhando)

Outrossim, o feitiço virou contra o feiticeiro. Sendo impossibilitados de gravar 'legalmente' o filme no Vaticano(no qual se passa 99.9% da trama), como que em uma legitima jogada de mestre, mais de duas mil cameras foram distribuidas para turistas que fizeram imagens sob diversos ângulos dos monumentos e igrejas do Vaticano. A noticia se espalhou de tal maneira que instigou mais ainda as pessoas a verem o filme. A junção das imagens, resultou no brilhante filme que em tão pouco tempo de exibição levou mais de 30 milhões de pessoas ao cinema em todo o mundo!

Adaptado da obra de Dan Brown, 'Anjos e Demônios' diverge em relação a algusn pontos do livro, mesmo tendo Brown uma forma narratoria de direção de filme, o que acaba prendendo a atenção do leitor e estimulando a curiosidade para os capítulos seguintes. Terra! Ar! Água! Fogo! A cada assassinato de um preferiti, a curiosidade vai aumentando, você vai se perguntando: Como será a próxima morte? Em que lugar será? Langdon vai conseguir salvar algum cardeal? Estes questionamentos tornam o filme mais instigante e prazeroso de assistir.

É perfeitamente aceitavel( e eu diria até necessario) que aja algumas mudanças no filme em relação ao livro, para que este se torne mais instigante e curto. Embora seja lembrado que todas as referências a obras de artes, monumentos, arquitetura, tuneis e a tumbas em Roma(Vaticano), serem inteiramentes factuais, a hsitória pareçe deslizar sobre nossos olhos, como se estivessemos presenciando as cenas. Isso fica bastante evidente quando Langdon entra nos arquivos do Vaticano. Dá para sentir sua respiração ofegante, seu deslumbramento com os quilometros de corredores repletos de tesouros históricos, livros não abertos em centenas de anos, cópias únicas e inestimaveis de autores da antiguidade...

Com um final surpreendente, é impossivel sair do cinema sem um misto de sentimentos: alegria-raiva, alívio-surpresa. E são esses sentimentos que fazem de um filme: sucesso mundial!!!



0 comentários:

Postar um comentário

Oi (denovo) amoreeee...esse é o espaço em que você tem voz, então: aproveite!!! Deixe sua opinião, ideais(e idéias), sonhos, revoltas, criticas, sugestões...ou até mesmo um 'oi'!

Ficarei feliz em ler (e responder) seu comentário!!!

bjokas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...